Últimas

domingo, 3 de novembro de 2019

A súplica de um livro



Leia-me por favor


Leia-me é o que lhe peço
Pois não quero ser contemplado
Quero que você me descubra
Tenho tanto a oferece-lhe
Posso dar-lhe alegria, emoção, conhecimento...
Ser-lhe seu mais fiel companheiro
Posso acompanhar-lhe até o fim de sua vida
Ficarei ao seu lado
Se seu desejo for
Quando triste ficar
Mas para muitos isso é pouco
Tão pouco que muitas vezes 
Usado sou, para outros fins
Até mesmo objeto de decoração sou transformado
Mas para mim nada é pior
Que ser esquecido
Por isso, leia-me por favor
Leia-me e descubra minha história
Não fique apenas a contemplar minha beleza, se belo for meu exterior
Descubra o que reservado está para você e imortalize em seu amago minha história
Por isso, peço-lhe, leia-me por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua mensagem! :)